Conheça como é feito o calculo de rescisão

Muitos trabalhadores no momento em que saem de um emprego ficam preocupados em quanto irão receber de rescisão. O valor que o trabalhador irá receber varia muito, além de depender de quanto tempo ele estava na empresa, tanto o empregado, quanto o empregador, podem negociar alguns aspectos, como o FGTS, o 13º, as férias.

As questões que podem levar em tona na hora de fazer o calculo para ver o quanto o trabalhador terá direito é ver se ele tem banco de horas para receber, o almoço. Também pode se definir quantas horas o trabalhador fazia por semana, e também se ele tinha faltas não justificadas em que pode ser descontado na hora de receber a rescisão.

O que mudou de uns anos foi à forma de rescisão, pois agora seja com justificativa ou não, a demissão prevê que o empregado e o empregador entre em comum acordo para os termos de rescisão.

As novas leis de rescisão está previstas em que o trabalho se desligue da empresa de uma forma mais rapidamente, tendo um acordo entre ambas as partes, e não aconteça de o empregado forçar uma demissão da empresa, para que os custos envolvidos tenham um valor mais significativos.

Ambas as partes saíram lucrando com as novas medidas de rescisão, pois com as novas leis, o empregador tem a garantia de que o empregado não irá recorrer às medidas de rescisão, para que assim receba tudo o que ele tem direito e a empresa tenha que arcar com os custos muito maiores. Já para o empregado, a nova lei também tem favorecido ele, pois a lei antiga não dava quase nenhum direito quando ele pedia demissão, agora com a nova lei, prevê que ele tenha mais tranqüilidade no momento em que quiser se desligar da empresa, sendo assim, ele possui mais direitos junto a empresa e consegue pedir um desligamento com uma facilidade maior, sem se preocupar em não receber o que é de seu direito.

Em demissão não negociada, a empresa só é obrigada por lei a pagar além das férias vencidas e do saldo restante do salário, caso a demissão seja sem justa causa. Agora, caso seja com justa causa, o empregado perde o direito de receber férias vencidas, FGTS e 13º.

Até os dias atuais, os empresários de pequenas empresas sofriam muito com as leis anteriores, pois com a demissão sem justa causa, fazia com eles tivesse que colocar a mão no bolso e dar todos os direitos dos trabalhadores, agora com a nova lei, as duas partes tem seus direitos e assim nem a empresa, e nem o empregado saem perdendo.

Pontuação

Ganhe pontos ao fazer e responder perguntas!

Grey Sta Levelr [1 - 25 Grey Star Level]
Green Star Level [26 - 50 Green Star Level]
Blue Star Level [51 - 500 Blue Star Level]
Orange Star Level [501 - 5000 Orange Star Level]
Red Star Level [Professor Red Star Level]
Black Star Level [Profissional Black Star Level]